Fronteiras abertas ao turismo

Há mais de dois anos, o Japão fechou suas fronteiras para turistas, devido à pandemia. Um professor da Universidade de Kansai, estimou a perda decorrente da falta de visitantes estrangeiros, em pelo menos ¥ 22 trilhões, durante esses dois anos. Com isso em mente, muitos estão perguntando quando o Japão terá suas fronteiras abertas ao turismo novamente. Há um impulso crescente para dar esse passo, e reabrir gradualmente as fronteiras do Japão, para turistas internacionais, a partir de junho.

Aumentando a sensação de perda, está o fato de que viajar para o Japão se tornou mais acessível devido ao enfraquecimento do iene, mas o país não consegue lucrar devido às fronteiras fechadas. O principal porta-voz do governo do Japão, disse estar ciente dos crescentes pedidos para aliviar as restrições nas fronteiras. “Tomaremos as decisões apropriadas, levando em consideração a capacidade de quarentena e testes (nos aeroportos), se o vírus está se espalhando em casa ou no exterior, e as restrições de fronteira e entrada em outros países”, disse o secretário-chefe do gabinete, Hirokazu Matsuno, em entrevista coletiva na quinta-feira passada.

O Japão aliviou as restrições apenas em pequenos passos, até então, através do limite diário de chegadas – que inclui cidadãos japoneses e residentes estrangeiros – aumentando gradualmente de 3.500 para 5.000, para 7.500 e depois para 10.000, agora a estimativa de que esse aumento gradativo chegue em 20.000 por dia. Com mais países abrindo suas fronteiras para turistas, o Japão provavelmente, enfrentará pressão desses países para retribuir. O governo do Japão considerará a exigência de que os turistas já tenham recebido a vacina de reforço antes de chegarem ao país.

Para se ter uma idéia, em 2021, o país recebeu pouco mais de 245mil visitantes, o número mais baixo desde 1964. Se comparado com os dados de 2019, a queda foi de 99,2%. Vamos acompanhar.

Fonte: JPTimes e Alternativa

Avancado_post

Relacionado (a) Postagens

Deixe um comentário