Imune ao Covid-19

Existe alguma razão para uma pessoa não ter pego Covid-19 até o momento atual, mesmo enquanto o vírus parece estar em todo lugar? No Reino Unido, mais de 60% da população teve resultado positivo em teste de covid-19, ao menos uma vez. No entanto acredita-se que o número de pessoas realmente infectadas com SARS-CoV-2, o vírus que causa a covid-19, seja maior. Inclusive quando se fala sobre a taxa estimada de assintomáticos, que varia muito de estudo para estudo.

Mas mesmo contabilizando as pessoas que tiveram covid e não perceberam, é muito provável que tenha um grupo que não foi infectado. A questão sobre essas pessoas estarem imunes é uma incógnita que a ciência, pelo menos ainda, não tem resposta fácil.

Sabemos que as vacinas reduzem o risco de doenças graves, mas também diminuem em 50% a chance de transmissão doméstica do SARS-CoV-2, muito embora o Omicron precise de novas doses para contê-lo. Uma teoria que explica algumas pessoas não terem sido infectadas, embora tenham sido expostas ao vírus, ele não consegue estabelecer uma infecção mesmo após entrar nas vias respiratórias delas. Isso pode ser devido à falta de receptores necessários para o SARS-CoV-2 acessar as células. Também existe a diferença que um outro grupo apresentou de resposta imune quanto ao vírus. Uma resposta imune rápida e forte, pode impedir que o vírus seja replicado em grande quantidade em um primeiro momento.

A eficácia da resposta imune à infecção é definida em grande parte pela nossa idade e genética. Diante disso, um estilo de vida saudável certamente ajuda. Sabe-se que a deficiência da vitamina D pode aumentar o risco de certas infecções. Não dormir o suficiente, também pode ter um efeito prejudicial na capacidade do nosso corpo, de combater patógenos invasores.

Se você conseguiu evitar a covid até hoje, talvez tenha imunidade natural à infecção por SARS-CoV-2 como comentamos acima, ou talvez tenha tido sorte. De qualquer forma, é sensato continuar a tomar precauções contra esse vírus, sobre o qual ainda sabemos tão pouco.

Fonte BBC

Relacionado (a) Postagens

Deixe um comentário