Catar descarta testes de Covid para Copa do Mundo

O Catar deve suspender os testes de COVID-19 antes da chegada da Copa do Mundo de 2022, disse o Ministério da Saúde, semanas depois de anunciar que os mais de um milhão de torcedores que chegam não precisam de vacinas.

À partir de 1º de novembro, o Catar estará fechado para qualquer pessoa sem um “cartão Hayya” – o documento obrigatório dado a jogadores, dirigentes, funcionários, mídia e portadores de ingressos e seus convidados.

A exigência de uso de máscaras no transporte público foi eliminada este mês, e as máscaras também não são obrigatórias nos oito estádios da Copa do Mundo.

“Os visitantes (da Copa do Mundo) não precisam mais apresentar um resultado negativo de PCR ou Teste Rápido de Antígeno para COVID-19 antes de viajar para o Catar”, disse o Ministério da Saúde em comunicado.

O torneio de 29 dias será o primeiro grande evento esportivo global com torcedores desde que a pandemia do COVID-19 eclodiu em dezembro de 2019, matando mais de 6 milhões de pessoas.

Os organizadores do Catar e a entidade máxima do futebol, a Fifa, disseram que querem que o evento seja um sinal de que o mundo está superando a devastadora pandemia.

O Catar sofreu 684 mortes por COVID-19, com 464.223 pacientes recuperados, segundo o site do Ministério da Saúde.

Fonte: JPTimes

0Jp_post

Relacionado (a) Postagens

Deixe um comentário