Abril chega com alta nos preços no Japão

Os consumidores japoneses enfrentarão ainda mais desafios, em meio à pandemia do coronavírus, já que uma onda de aumentos afetará itens essenciais, como alimentos e produtos diários, já a partir de 1º de abril. O aumento deve-se ao custo de matérias-primas que subiram, ajustando os valores na virada do ano fiscal.

Por exemplo, Megmils Snow Brand Co, Meiji Co e Morinaga Milk Industry Co aumentarão seus preços de queijo, enquanto The Nisshin OilliO Group Ltd e J-Oil Mills Inc disseram que aumentarão seus preços de óleo de cozinha para uso doméstico. Outros alimentos sujeitos aos próximos aumentos de preços, incluem o ketchup de tomate da Kagome Co e o “Umaibo” da Yaokin Co..

Em relação aos produtos diários, os preços das fábricas de papel higiênico da Nippon Paper Crecia Co., bem como alguns produtos como fraldas da Kao Corp, vão subir. Ainda há alguns aumentos tanto nas passagens do trem-bala, quanto nos pedágios e voos domésticos. Os pneus também estão na lista.

Infelizmente não ficamos por aí, tem também aumento nas tarifas de energia elétrica e gás, que vem subindo e terá novo aumento previsto para maio. E isso se dá por consequência da tensão entre Ucrânia e Russia. As fornecedoras de energia anunciaram seus aumentos, que variam de ¥24 a ¥146. Já em relação ao gás, as 4 maiores companhias já informaram ficará entre ¥68 a ¥93, e é pelo nono mês consecutivo.

Fonte: Seikatsumagazine e PortalMie

Relacionado (a) Postagens

Deixe um comentário