No Japão não tem lombadas

Já reparou num recurso para conter o trânsito tão comum no Brasil, que no Japão não tem? As lombadas e saliências que têm comprimentos diferentes, mas tem função muito semelhante, reduzir a velocidade do carro. Usadas em vários países, mas no Japão, esse recurso não tem mesmo aproveitamento.

O objetivo é claro

Existem registros, que indicam que as lombadas surgiram depois da Segunda Guerra Mundial, se espalhando pela Europa e EUA. Embora o objetivo esteja óbvio desde a primeira vista, em muitos casos na Europa, elas são instaladas antes das faixas de pedestres. Em vários países, não se constitui infração de trânsito, a obstrução da faixa de pedestres, mas se há uma lombada instalada antes da faixa, significa que já houve muitos motoristas que obstruiram a faixa. E assim, a travessia, passa a ser mais segura.

No Japão as lombadas geraram reclamação

No passado, quando os japoneses tentaram trazer essa idéia, gerou tanta reclamação a respeito da possibilidade de quebra de veículos, ou barulhos incovenientes próximo de área residencial. E o que era para que os motoristas reduzissem sua velocidade, as mesmas eram ignoradas e as autoridades foram forçadas a retirá-las. Logo o Japão, que tem alto índice de mortalidade em acidentes de trânsito envolvendo pedestres, quando comparados a outros países desenvolvidos. Porém, em agosto em 2021, o Departamento de Terras junto com o Departamento de Trânsito da Agência Nacional de Polícia, anunciaram a criação da “Zona 30 Plus”.

Sem lombadas, com Zona 30

Travessia suave de pedestre (Yahoo)

Essas zonas foram designadas para que tenham no máximo velocidade de 30 km/h. Ao combinar o regulamento da “Zona 30” com dispositivos físicos, a idéia de dar prioridade e segurança aos pedestres se consolidaram. Um dos dispositivos é uma saliência de borracha reforçada (para reduzir o ruído) e de fácil instalação, chamada de “travessia suave de pedestres”. Foram instaladas experimentalmente em mais de 40 locais em todo país, em frente as faixas de pedestres. E depois deste período experimental, elas não voltaram a ser instaladas. Parece que a preferência da população é a fiscalização direta feita por policial, para que as pessoas reduzam a velocidade e não obstrua a faixa de pedestres.

Fonte: Yahoo

TIKTOK_POST

Relacionado (a) Postagens

Deixe um comentário