Koseki Tohon e as variáveis

O Koseki Tohon é o documento mais importante do processo do visto japonês e para o certificado de eligibilidade. Nele encontramos as informações sobre nascimento e falecimento do povo japonês, comprovando assim a descendência de quem quer ir para o Japão. Ele, como o certificado de eligibilidade também deve ser pedido no Japão.
No Koseki são registrados os nascimentos, adoções, casamentos e divórcios, entre outras situações familiares. Caso o familiar já tenha falecido, o documento a ser pedido é o Koseki Joseki Tohon, que contém todas entradas excluídas, incluindo mortes e divórcios, usados apenas para mudar os nomes dos títulos após a morte, assim comom sucessões e tributos.

A origem do Kosei Tohon

O Koseki tem suas raízes na antiga China, onde foi usado pela primeira vez, como uma espécie de censo familiar. Os primeiros Koseki eram escritos à mão usando números chineses de estilo daiji (大字) para evitar fraude e carimbados com selo oficial da preferitura local. Apesar desse sistema ser usado desde o xogunado, foi apenas oficicializado no início da Era Meiji. Hoje em dia, quase todos os Koseki adotaram o formato eletrônico, de mais fácil manutenção de registros e alterações.

Todos os cidadãos japoneses são obrigados a se registrar no Koseki, exceto Família Imperial, cuja linhagem deve ser feita em separado no chamado Kotofu. Mas para a população em geral, existem dois tipos principais de Koseki: Koseki Tohon e Koseki Shohon. O Koseki Tohon é o completo com todos dados da família, o Koseki Shohon é apenas a informação individual de um membro da família.

Para obter o Koseki Tohon

A solicitação deve ser feita na prefeitura onde foi feito o registro do Koseki da família (Honseki chi). O Honseki chi é um endereço determinado e escrito no Koseki, por isso, mesmo mudando de cidade, o Honseki chi não será alterado.

Esse pedido poderá ser feito através do correio, vamos deixar o passo a passo para quem está no Japão. Mas se você está no Brasil, a boa notícia é que poderá pedir através de um despachante, não precisa ser familiar para requerer.

Além do formulário devidamente preenchido (faça download aqui), deve juntar cópia do Koseki Tohon anterior, cópia do passaporte e do zairyu-card ( documento de identidade no Japão) ou tokubetsu eijusha shomeisho (idade especial) do solicitante, um envelope-resposta, preenchido com seu nome e endereço completo, selado com selo de ¥82, para retorno do documento para que a prefeitura possa mandar o Koseki solicitado, e por fim, o vale postal (Kogawase) de ¥450 para gastos com trâmites de emissão de uma via do Koseki Tohon, ou vale de ¥750 para uma via do Joseki Tohon.

No caso do nissei, enviar uma cópia da certidão de nascimento, com tradução em japonês do requerente, e para caso do sansei, enviar uma cópia da certidão do requerente, mais certidão de nascimento do nissei ascendente do solicitante (ambas traduzidas para japonês).

Documentação providenciada? O visto já está na mão ou precisa de ajuda? Entre em contato com nosso escritório no Brasil para programar sua vinda para o Japão!

Fontes

Prefeitura Shizuoka
Whatsjap
Yukawajinzai

Relacionado (a) Postagens

Deixe um comentário