Que tal conhecer a Ilha dos Gatos?

Dia 22 de fevereiro foi o dia do gato no Japão, Neko no hi (猫の日), celebrado desde 1987. E para celebrar, trouxemos uma dica de passeio: a Ilha dos Gatos 田代島 (Tashirojima), que fica na província de Sendai. A ilha tem sua composição 25% de pessoas e 75% de gatos, tornado imperdível esse um destino com animais, logo atrás do rebanho que fica livre em Nara. Além de conhecer os gatos residentes, a ilha também proporciona fácil caminhada e uma incrível vista do mar azul cobalto.

Os gatos estão como em sua casa, então ficam muito a vontade, inclusive com a presença de humanos. Fotografe os gatos andando, descansando, ou simplesmente sendo gatos: ignorando completamente sua presença.

Pontos turísticos e acesso

Para acessar a ilha, escolha as opções para chegar ao Terminal de Balsas Linha Ajishima, na cidade de Ishinomaki. Você pode pegar um ônibus rodoviário ou trem direto na Linha Senseki da Estação Sendai, para a cidade de Ishinomaki. Cada trajeto leva cerca de uma hora e meia. Depois, a partir da Estação Ishinomaki, embarque em um dos poucos ônibus até a parada de ônibus da Linha Ajishima-mae que dá acesso ao terminal de balsas Linha Ajishima. Há três saídas por dia e a viagem de ida dura de 45 a 60 minutos. A balsa faz duas escalas na ilha. Para ver os gatos de pronto, vá direto para o vilarejo maior ao sul, no Porto de Nitoda.

Os gatos já ficam no pier aguardando novos visitantes.

Visite o santuário dos gatos, que fica no meio da floresta adjacente. O santuário foi construído para honrar um gato morto por uma pedra que caiu. Já que os moradores acreditam que os gatos lhes dão sorte. Faça sua oração ali, e leve a sorte com você.

A Ilha Mangá é uma área na extremidade oposta do Vilarejo de Nitoda, repleta de várias acomodações artísticas para gatos. Qualquer pessoa pode ir para ver a divertida arquitetura na área de camping, mas se quiser fazer uma estadia, melhor reservar com antecedência.

Faça um passeio revitalizante nas pista de caminhada, cruzando a ilha entre os dois vilarejos. Relaxe na praia e tenha uma incrível vista do mar antes de se despedir de seus amigos felinos.

Origem dos gatos na ilha

Historicamente, a ilha foi um centro de produção de bichos-da-seda. Os gatos foram trazidos para patrulhar as ruas e florestas próximas, e livrar as áreas de pragas. Os habitantes da cidade cuidavam dos gatos e os pescadores os alimentavam dando as sobras da pescaria diária. Desde o início, sempre houve uma regra crucial na ilha: nenhum cachorro entra. Com o envelhecimento da população humana, o número de pessoas foi diminuido ao longo dos anos, e os bem cuidados gatos, se multiplicaram. Com tantos felinos, a ilha se tornou uma atração turística popular.

Dicas adicionais

  • Fique atento aos horários de partidas das balsas, para garantir que não fique preso na ilha;
  • Procure e aproveite os banheiros publicos, eles são poucos na ilha;
  • Existem poucas instalações turísticas que ofereçam comida e bebida, então o ideal é que compra na cidade de Ishinomaki e certifique-se de levar o lixo com você. 😉

Fonte JapanTravel

Intermediario_post

Relacionado (a) Postagens

Deixe um comentário