Envelhecimento inevitável

No Japão, há um respeito muito grande pelos idosos. Inclusive tem um feriado para homenagear, que passou há poucos dias, em 19 de setembro, Dia do Respeito aos Idosos. Dentre 200 países e regiões do mundo com população centenária, o Japão está em primeiro lugar, com a taxa mais alta de idosos.

Coincidência ou não, é nesta época do ano que o Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar faz a contagem da população de idosos no Japão, que agora ocupam cerca de um terço da população. Mas, além de tudo isso, a pesquisa agora descobriu que o número de pessoas com mais de 100 anos ultrapassou 90.000 pela primeira vez. Para se teer uma idéia da população crescente, em 1963, quando foi iniciada a contagem, o número de pessoas centenárias era de apenas 153.

Envelhecimento da população

O número estimado da população com 65 anos ou mais, é de 36,27milhões, isso representa 29% da população total da nação, número mais alto de todos tempos.

Com a crescente da longevidade dos idosos, vem a baixa natalidade, que de janeiro a junho desse ano registrou seu menor indice desde 2000. Nasceram nesse período menos de 400mil bebês. Esses dados incluem os japoneses que vivem no exterior e os estrangeiros que vivem no Japão.

Preocupação além das fronteiras

Elon Musk mesmo já numa resposta a um tweet no início do ano.”Correndo o risco de afirmar o óbvio, a menos que algo mude para fazer com que a taxa de natalidade exceda a taxa de mortalidade, o Japão acabará por deixar de existir. Isso seria uma grande perda para o mundo”, No post, Musk estava respondendo a um tweet de um artigo de abril da agência de notícias Kyodo News, sobre a maior queda desde 1950, quando se tem dados disponíveis quanto a população.

E você busca por melhores salários ou melhores condições de trabalho? Entre em contato com a gente e faça seu cadastro.

Fonte Sora News e Portal Mie

Noturno_post

Deixe um comentário