Cuidados de verão com sua marmita

Entre o tempo de preparação e o tempo de comer sua marmita, há uma variação de 4h a 7h, contando que seu preparo foi no mesmo dia de consumo. Ou mesmo no dia anterior, mas mantido sob refrigeração. Agora no verão, a atenção deve ser redobrada, afim de reduzir os riscos de intoxicação alimentar. Diante disso, vamos passar alguns cuidados com sua marmita.

A higiene é fundamental, então comece lavando as mãos, e não só com os ingredientes, mas também com o recipiente que será colocado, bem como os utensílios. Cuidado com a contaminação cruzada na tábua de cortes por exemplo. O ideal é lavá-la a cada utilização.

Eliminar as bactérias

Nem sempre lavar os alimentos crus, é o suficiente. Vários deles fermentam, o que pode trazer um desconforto na digestão. Não apenas lavar, mas secar os alimentos é importantíssimo! O pepino é um dos preferidos do verão, mas as bactérias se grudam nas reentrâncias da casca, portanto, se puder retirar parte da pele, especialmente as que tiver as “pontinhas”, é recomendado. Outra dica é aquecê-lo numa frigideira por 1 minuto, é fácil e a textura não muda muito, mas é o suficiente para deixá-lo livre das bactérias.

Beleza não é tudo

Um forte aliado para preencher lacunas da marmita, é o tomate cereja, fonte de vitaminas e minerais, além de ter seu charme. Mas cuidado, remova o galho com as mãos, delicadamente, as bactérias preferem esse local. Lave e seque os tomatinhos. O ideal de levar sem cortá-los, para evitar a fermentação, já que no seu interior contém líquido, que em contato com outros alimentos, pode causar intoxicação.

Divisórias e enfeites apropriados

Evite usar alface e outras folhas para dividir sua marmita. Agora no verão, elas acabam murchando e parte da sua água, vai para a marmita. Procure utilizar mini-copos e outras divisórias, que podem ser compradas em lojas de ¥100. Algumas delas tem até função antibacteriana.

Não pode faltar na marmita

O arroz é o top 1 de todo bentō, e acredite, alguns cuidados são importantes. Procure não colocar na marmita logo que retirado da panela, pois o arroz quente vai produzir vapor, que ficará preso e será gerado água. Você pode deixar destampado para que esfrie, ou mesmo embrulhe o arroz em papel filme, e deixe que esfrie antes de colocá-lo em sua marmita.

O grande inimigo da marmita

A umidade é quem vai trazer prejuízo aos alimentos que você adicionar em sua marmita. Procure eliminar toda a umidade, você pode usar ingredientes que absorvam a umidade, como farofa ou se você tem mais hábitos japoneses, o tofu koya ou mesmo o totoro kombu, são alguns exemplos.

Com essas dicas, poderá curtir seu bentō com muito mais segurança e saudabilidade. Está em busca de empregos, mas não vai abrir mão de comer sua comida, veja aqui algumas opções de vagas que você pode levar seu bentō!

Fonte NHK

Relacionado (a) Postagens

Deixe um comentário