Altos e Baixos no Japão e no Mundo

Para quem já trabalhou no Japão ou está chegando pela primeira vez, é sabido que temos períodos sazonais de altos e baixos em vários segmentos de trabalho. Temos questões ligadas a temperatura, e épocas de alta demanda de consumo, mas ultimamente o que tem nos surprendido é como foi que o Covid-19 afetou a vida dos trabalhadores. E trouxe ondas de altos e baixos que afetaram o Japão e o mundo todo.

Consumo no Japão

Em tempos de Covid, tivemos algumas fábricas que suspenderam suas produções alguns dias, por conta de sua mão de obra que foi afetada, mas também tivemos suspensões por conta da cadeia produtiva (fornecedores, transportes entre outros) que também foram afetados pelo vírus. E com isso, aconteceu um efeito dominó com todos envolvidos, finalizando o ciclo, na redução do consumo, com a diminuição dos dias trabalhados, e com isso menores salários.

A redução do consumo não se deveu só a isso, é apenas uma das causas. Tivemos fases, onde várias regiões foram afetadas, pelos necessários, períodos de emergência. Reforçamos o termo “necessários”, pois diante de toda a contaminação, nos manter em casa foi uma solução inteligente.

HomeOffice

No Brasil, o homeoffice já era usado por algumas profissões, com certa frequência, e nunca foi tão necessário abranger cada vez mais operações, desenvolver softwares e novos jeitos de empreender a partir de casa e de uma tela de computador ou smartphone.

O Japão tão tradicional em sua forma de trabalhar, também aderiu aos poucos, ao jeito homeoffice de trabalhar. Alguns atendimentos, bem como prestação de serviço, que antes era somente realizada no escritório, teve que se adaptar ao novo jeito de trabalhar de casa. Quanto aos ramos ligados a produção, não teve jeito, e esses sim, sofreram com o impacto do covid-19.

Variantes do Covid

Antes já abordamos aqui, sobre como o vírus acaba tendo tantas mutações, e quando isso tudo vai acabar. E a resposta ainda está longe de uma definição exata. Mas certamente, será com as prevenções que tomamos, vacinas com doses com suas alterações em sua composição, também para abranger cada vez mais as mutações, higienização das mãos, máscaras e distanciamento social em locais fechados, que faremos, com que as mutações cheguem ao limite mínimo de contágio e mortalidade.

O Dilema continua

Há quase 2 anos vivendo sob grande pressão, sobre a saúde das pessoas, grandes pânico e alta demanda de leitos hospitalares. Ao mesmo tempo a economia em alerta com a baixa produção, queda na renda da população e outros indicadores econômicos que colocarmam em xeque, os melhores economistas do mundo.

Claro que teve nesse movimento todo, pessoas que ganharam muito dinheiro, por esses dias tivemos uma matéria da CNN Brasil, que divulgou que um novo bilionário surgiu a cada dia durante a pandemia. É como dizem, na crise uns choram, outros vendem lenço.

Mas além de todo movimento, ou falta de movimento econômico que o covid nos remeteu, veio também o impacto da guerra entre Russia e Ucrânia e todo revés econômico entre China e outros países vizinhos ao Japão. Mas tivemos setores que foram mais impactados e outros menos. Se você está em busca de um novo emprego, veja aqui as opções que temos e cadastre-se. Continue se cuidando e vamos nos manter firmes para que os altos e baixos voltem a ser somente as sazonalidades climáticas.

Fonte: CNN

Sogei_post

Relacionado (a) Postagens

Deixe um comentário