Beber para não desidratar

Para fortalecer e recuperar o corpo nesse calor, apresentamos aqui algumas bebidas que podem te ajudar. O Japão é considerado um paraíso para os amantes de bebidas. São mais de 6mil tipos de refrigerantes à venda, conforme Associação dos Fabricantes de Bebidas (JSDA), disputando as mais de 5 milhões de máquinas de vendas automáticas, localizadas por toda cidade e disponíveis por 24h, além claro, dos espaços nas lojas de conveniência.

Calpis (カルピス) – bebida a base de leite, com seu sabor adocicado lembra um pouco, o “Yakult”. Lançado em 1919, tornou-se a primeira bebida com bactéria láctea no Japão. Conforme seu fabricante, o Calpis compensa a fadiga, o estresse e ajusta a pressão arterial.

Calpis – Asashi Group Holdings

Pocari Sweat (ポカリスエット) – bebida isotônica, com sabor suave, para repor a água e os ions que o corpo precisa, mesma função do Gatorade e demais isotônicos, no Brasil. A fórmula do Pocari não contém cafeína, gás ou conservantes, e ainda tem pouco açucar. Podendo ser consumido inclusive por crianças.

OS-1 – solução de reidratação oral, adequada para repor e manter a água do corpo e os eletrólitos em pessoas com desidratação leve a moderada, seja por transpiração excessiva ou enfermidade. Inclusive é adequado para quadros de enterites infecciosas (desidratação com diarréia, vômito e febre).

Para refrescar, trouxemos para esse top 5, duas bebidas também de verão.

Ramune (ラムネ) – trata-se de um refrigerante sabor limão, essa bebida é muito conhecida pelo design exclusivo e inusitado de sua embalagem: uma garrafa de vidro com uma bola suspensa que ao abrir, é lançada automaticamente ao líquido. Considerado um símbolo do verão japonês.

Cafés gelados – sim, para nós brasileiros acostumados, mesmo no calor de 40º, tomar um cafezinho quente, esse é um convite, experimente as versões geladas. Seja com leite ou nas versões originais, o café gelado, acelera o metabolismo, estimula digestão, garante atenção ao longo do dia e fortalece o coração. Na versão gelada ainda refresca!

Fontes: Tododia.jp, OS-1.jp, Brasileiraspelomundo.com, Asahigroup-holdings.com

Avancado_post

Relacionado (a) Postagens

Deixe um comentário