Inflação abala até os pinguins do Japão

O Japão é um país que gosta de frutos do mar e, aparentemente, seus pinguins também. Historicamente, o Japão teve taxas de inflação muito baixas, mas as coisas são diferentes hoje em dia. Nos últimos meses, dificilmente uma semana se passa sem que um restaurante, loja ou fabricante anuncie que está aumentando seus preços, e isso agora afeta não apenas o orçamento doméstico, mas também os hábitos alimentares dos pinguins.

Entre os moradores do Aquário de Hakone, na província de Kanagawa, há um grupo de pinguins, que gostam muito da espécie de peixe chamado carapau, ou “aji”, como o peixe é chamado em japonês. Infelizmente, os preços do aji aumentaram 30% e, devido a preocupações orçamentárias, o aquário começou a misturar saba, uma cavala de preço mais baixo da família Scombridae (aji faz parte da família Carangidae) na alimentação do pinguim. Alguns dos pinguins não estão felizes com essa mudança, no entanto.


Como visto no vídeo acima, vários pinguins não estão mostrando interesse em saba, virando desdenhosamente a cabeça quando um zelador lhes oferece um dos peixes mais baratos. Saba está provando ser uma opção de jantar difícil de aceitar entre os pinguins e lontras do aquário.

Isso não quer dizer que o saba seja universalmente recusado, já que alguns dos pinguins e lontras estão dispostos a comê-lo, e mesmo para aqueles que não estão, felizmente a maioria de sua alimentação ainda é composta pelo aji que eles preferem, com saba representando 30 a 40 por cento da mistura, de acordo com o aquário.

Fonte: Tele Asa News via Hachima Kiko e SoraNews

TIKTOK_POST

Relacionado (a) Postagens

Deixe um comentário