Chuva e sol anunciando o verão

Nem bem o calendário anunciou a chegada do verão, e já estamos com temperaturas bem mais elevadas e chuvas torrenciais mais frequentes. Essa dupla dinâmica pede muito cuidados com a saúde. Esse ano continuamos impactados sob efeito do La Niña, um fenômeno atmosférico complexo, em que as temperaturas das águas na superfície do Oceano Pacífico sofre um resfriamento, impactando o planeta inteiro num efeito cascata. Por aqui ficamos no loop sol e chuva, chuva e sol, anunciando o verão.

O calor fora de época já se apresentou no Japão, onde no último fim de semana de abril, a máxima do país, foi marcada em Gunma, atingindo 35,2ºC. As autoridades alertam as pessoas para que se mantenham hidratadas para evitar a insolação.

As chuvas e a umidade

As chuvas torrenciais, conforme Instituto de Pesquisa Meteorológica, Kato Teruyuki alertou que em 45 anos a frequência na ocorrência delas, dobrou. Uma chuva torrencial tem essa classificação, pois num período de 3 horas atinge 130mm ou mais. Em 1976, foram registradas 31,5 ocorrências e em 2020, essa frequência foi de 67,7 vezes.

A hipertermia também é muito comum nessa época, mas pode acontecer em qualquer época do ano. Ela é causada pelo super aquecimento do corpo. Que pode ser causado por 3 fatores, conforme índice criado nos EUA: calor radiante, temperatura e umidade. Sendo esse ultimo o mais importante das variáveis.

Para você ter uma noção, em dias de temperatura de 32,5º e umidade de 41%, o número de pessoas socorridas, num levantamento recente, foi de 50. Já num dia em que a umidade estava em 56% o número de pessoas que precisaram ser socorridas, atingiu 94. Isso porque num ambiente umido, o corpo não consegue espelir o suor, e com isso diminuir sua temperatura corpórea, daí a importância de aumentar a ingestão de líquidos, que através da urina, também conseguimos reduzir nossa temperatura.

Todo cuidado no calor, é pouco

Aqui no Japão é muito comum o uso de umidificador e desumidificador de ar, e acredite, agora no verão ele é importantíssimo para que em dias de chuva, use como desumidificador, preferencialmente com ar condicionado ligado. E nos dias de calor intenso, onde a umidade está abaixo dos 40%, ligue o umidificador. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o nível ideal para o organismo humano gira entre 40% e 70%.

Mas tudo melhora quando sua imunidade está boa, então cuidar das horas de sono, manter rotina de exercícios físicos e uma alimentação com proteínas e ingestão de água durante o dia é muito importante. Ainda mais se seu ambiente de trabalho não é climatizado. Hidratação é muito importante e o uso de roupas hipotérmicas (para diminuir o calor do corpo ). Que tal conferir algumas opções de emprego em ambiente climatizado? Clique aqui e confira as opções.

Fonte: OMS, G1 e NHK.

Deixe um comentário