CEO da Rakuten doará 1 bilhão de ienes para a Ucrânia

Hiroshi Mikitani, presidente e CEO da gigante japonesa de comércio eletrônico Rakuten Group Inc, disse no domingo que doará 1 bilhão de ienes ao governo ucraniano para assistência humanitária após a invasão russa do país.

“Estou profundamente entristecido com a notícia”, disse Mikitani em uma carta em inglês ao presidente ucraniano Volodymyr Zelenskyy postada no Twitter, referindo-se ao lançamento de um ataque militar da Rússia na quinta-feira.

“Meus pensamentos estão com você e com o povo da Ucrânia.”

“Quando vi sua corajosa resistência contra esse ataque não provocado em nome do povo ucraniano, pensei no que poderia fazer pela Ucrânia.”

A doação destina-se a ser usada em atividades humanitárias para ajudar as pessoas no país que se tornaram vítimas da violência, disse ele.

Recordando sua visita a Kiev no início do verão de 2019, Mikitani disse que estava “verdadeiramente fascinado pela bela cidade”, mas também pelo “profundo conhecimento de tecnologia digital” de Zelenskyy.

“Espero sinceramente que a Rússia e a Ucrânia possam resolver esta questão pacificamente e que o povo ucraniano possa ter a paz novamente o mais rápido possível”, disse ele.

Mikitani disse que decidiu sobre a doação após consultar sua família.

O Rakuten Group tem funcionários trabalhando na Ucrânia para seu serviço de aplicativo de chamadas gratuitas. Também tem uma base de negócios na região de Odessa, no sul da Ucrânia.

Diurno_post

  • Compartilhe esta postagem

Deixe um comentário