Ano Novo no Japão

Vamos falar sobre o Oshougatsu, feriado do Ano Novo no Japão. A celebração é por três dias, no primeiro dia é feriado nacional. O costume é visitar algum templo e fazer ali, sua primeira oração do ano. Agradecer pelo ano que passou e orar pela boa sorte no ano que chega. Falando em tradições, na passagem do ano, como no Brasil existem alguns pratos para trazer boa sorte e prosperidade, como:

Osechi-ryōri: este é composto por algas marinhas cozidas, bolos de peixe, batata-doce amassada com castanha, raiz de bardana fervida e soja preta açucarada. Essa tradição culinária data de antes das famílias terem geladeiras;

Ozōni: uma sopa com omochi e outros ingredientes que diferem com base em várias regiões do Japão.

À meia noite, as famílias comem também macarrão, que simboliza vida longa. Também há a tradição de contagem regressiva, que no Brasil é celebrada com fogos de artifício que inicia no primeiro instante do ano novo, e no Japão há a contagem com as 108 badaladas nos sinos dos templos budistas, simbolizando os 108 pecados ou desejos do mundo mundano. A última badalada é exatamente no primeiro momento do ano novo, para que afaste esses desejos, e todos entrem no ano novo purificados.

Orar no templo, logo no primeiro dia do ano, é uma tradição.

Comércio fechado, mas nem tanto

No dia primeiro do ano novo no Japão, normalmente os comércios estão fechados, em sua maioria. Mas há uma tradição com as compras inclusive, as chamadas fukubukuro, são conhecidas por sacolas da sorte ou da fortuna, vendidas no início do mês de janeiro. Costuma ser vermelha e vem com diversos itens aleatórios, com valor bem mais acessível.  É um meio de o lojista terminar seu estoque de poucas peças e movimentar o comérico logo na entrada do ano. Para o consumidor, garantir sua sacola, é sinal de bom negócio, pois geralmente se for calcular um a um dos itens, o valor sempre seria maior do que o valor da sacola. O desconto não é divulgado, mas calcula-se que pode chegar a 50%, ou até 80%.

Mas não há escolha, a sacola vem bem fechada. Depende da loja há algumas dicas do que pode conter na sacola, com sugestões ilustrativas. O que você pode escolher, como no caso de lojas de roupas é o tamanho, mas estampas, cores e modelos serão a surpresa final. Praticamente todas as regiões do país adotam a tradição, em maior ou menor grau.

No segundo dia de janeiro, há um evento importante para o povo japonês, que é o Kokyo Ippan Sanga, uma cerimônia em que o Imperador do Japão e sua família fazem a sua primeira aparição pública do ano, na varanda do Palácio Imperial, para felicitar a nação. Neste dia, os portões do Palácio Imperial estarão abertos, e as pessoas comuns poderão atravessar a ponte Nijubashi, e ficar mais próximas.

Ano novo Japonês na decoração também

Os itens de decoração são importantes para o ano novo no Japão, seja em casas como comércios, o kadomatsu tem presença certa. Trata-se de um arranjo com hastes de bambu, ramos de pinheiro e de ameixeira. Esta decoração é colocada sempre aos pares em frente às casas e/ou estabelecimentos comerciais para trazer sorte. E você também deve ter visto, o kagami mochi, geralmente consiste em dois mochi redondos, o menor colocado sobre o maior e um daidai com uma folha anexada no topo.

Se você quer tentar algo novo, ou mesmo fazer diferente em 2022, reveja seus passos, quais acertos e erros. Esse é um bom momento para se colocar no papel o que deseja e se planejar para cada vez estar mais perto de alcançá-los. Conte com a gente para auxiliar no que estiver voltado a colocação profissional, inclusive temos uma campanha de contratação ativa chamada, “Ano Novo, Renda Nova“.

Seguindo as tradições japonesas ou mesmo as brasileiras para trazer boa sorte, o comum as duas culturas é que a sensação de bem estar deve ser compartilhada. Faça a limpeza e purificação de suas casas, através dos sinos ou fogos, comendo uva ou omochi, ou ainda admirando o primeiro nascer do sol ou mesmo pulando as 7 ondas. O desejo é um só para os todos, de prosperidade econômica com muita sorte em todos que iniciam seu novo ano.

Fonte:

Japão em Foco

Guia do Japão

GoGo Nihon

Deixe um comentário